Páginas

A Paz e o sorriso...



Uma simples passadinha pela rua que moramos me fez pensar...


Nela existe um dos seguranças,(que infelizmente são presenças necessárias, o que por si só já denota o exterior com o qual vivemos), que sempre está com um largo sorriso.


Ele é bem preto, fortão, simpático e consegue ter umas bochechas rosadas. Nele transparece a paz e a alegria ...


Ele que está ali para defender os moradores da insegurança, nos dá uma bela contribuição com seu branco sorriso, no qual vemos a paz que mora dentro dele e sua beleza de coração.


Sua guarita, é diferente de todas as demais da rua.


Tudo arrumadinho, plantou flores ao redor, guardanapinhos de crochet numa estante improvisada, maravilha!


Aí então, pensamos:


Nas igrejas, templos, colégios de freiras, que aparentemente são lugares de paz, podemos ver pessoas, padres ou freiras, que com um simples olhar, parecem que "vão nos morder".


A relação que fiz foi o seguinte:


Não é o sorriso, nem o local que nos fazem ter e ver a paz.


O sorriso dele é a forma que ele nos mostra que tudo está bem.


Mas a paz está dentro de cada um de nós e assim, podemos estar num santuário, que se não estivermos bem, não a vamos encontrar.


Por outro lado, poderemos estar num campo violento , como o segurança, e ainda assim, a conseguiremos ter ou manter. ..


O negócio é cultivá-la sempre e cada vez mais! (Chica)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

✿ Que isso possa ter deixado uma marquinha,ainda que seja bem pequenina , no seu dia, alegrando-o! ✿