Páginas

* Há dias e dias...


Esse texto foi escrito em agosto/08, no dia que nasceu a Gabi,uma sobrinha-neta. Pois nada mais atual, tratando-se de Neno.

Ele a essa hora da manhã, AINDA NÃO TERMINOU SEU CAFÉ ... Então, acho que se eu estiver ainda por aqui quando ele tiver completando 25 anos, (chica)


000o000o000000



Há dias e dias... Puxa vida!


Nosso dia inicia estamos calminhos, tudo beeeeem!


À medida que avança, inicia a luta...


Dar comida para uma criança que, após uma semana de uma famigerada virose, se antes já era meia boca, imaginem agora!!!


Neno está assim...Após quase cinco dias de febres, ela foi embora.


Os nossos nervos, cada vez mais à flor da pele.


E, depois da febre, o que mais nos aflige quando temos perto de nós crianças pequenas? É a tal da comida.


Inventa-se, disfarça-se, muda o leite, 49 tipos de bolachinhas, 84 tipos de iogurtes, frutas nem pensar pois nada ácido entra, 2053 tentativas de torradas e já estamos perto das 10 horas da manhã...


Haja! Haja e Haja!!!!!!!!!!!!


Não posso nem ao menos pensar que dentro em breve inicia mais uma refeição e assim, nesse ritmo, estou seguindo meu dia...


Nessa hora, toca um telefone, com um som de alegria...


Era o aviso que hoje vai nascer uma sobrinha neta: a Gabriela.


Passada a euforia, caí novamente na real.


P. vida, esperei dias e dias e planejei a ida ao hospital recepcionar a nova menininha da família. E agora, como?


Quem fica em casa com o Neno?


Ligo pra todas as faxineiras, zeladoras de prédios conhecidas e...NADA!


Todas ocupadas hoje. Se fosse pra vir buscar uma cesta básica, seria diferente!!!


Como último recurso, de saco explodindo, ligo pro meu marido...


Resultado: Um anjo como ele é, veio me salvar.


Poderei ir na torcida da chegada da Gabi.


Neno estará bem cuidadinho e com o maior afeto possível.


Porém, a essa hora, meu coração está todo desbeiçado, minha cara, branca como uma cera e já são 11 horas...


Vou correndo dar uma reforma geral na minha aparência, sacudir os urubus e pegar as pombinhas brancas e rosas pra uma chegada legal!


Porém, antes disso, esqueceram?


Tem ainda MAIS UMA refeição do NENO...


Mas vou fazer de conta que não estou aqui...


SERÁ que consigo???


Hoje, por dentro e um outro tanto pra fora, falei todo o repertóriode nomes bonitinhos sabidos e acumulado em todos os meus anos, que não são poucos!


Que coisa,heim?(Chica)

Um comentário:

  1. Agora dá pra entender o sumiço da chica, o neno dodoi e lá se foi a alegria da mulher, mas ja que a febre se foi, o neno vai voltar a comer direitinho para alegria de todos nós. Amém Um beijo pros dois.

    ResponderExcluir

✿ Que isso possa ter deixado uma marquinha,ainda que seja bem pequenina , no seu dia, alegrando-o! ✿