Páginas

* Tão estranha a vida...

Minha mãe, sempre preferia estar sozinha.Não gostava que os filhos e netos fossem visitá-la.

Após abril, quando ficou evidente que não mais pode ficar só, teve que aceitar ter a casa cheia de enfermeiras que se fecham seus dias em turnos. Ela está na sua casa!
Afora isso, nós filhas, netos, sempre que podemos, damos um pulo até lá, (em outra cidade) para visitá-la.

Há dias em que nas visitas ela se mostra presente e noutros, completamente alheia à tudo...mas fica feliz!Muiito feliz em nos ver lá!

Mas a vida é estranha e parece que vai desligando as pessoas aos poucos e agora, nem mais quase conseguimos falar ao telefone, pois ela não ouve quase nada.

De repente, ela mesmo(rarísimas vezes) consegue nos ligar e então até dá pra falar, sempre rapidinho...

Estranho é que, se antes não podíamos contar nossas coisas para ela, pois não podíamos, seria sempre uma complicação, hoje, nem se quiséssemos poderíamos fazê-lo...

A cada dia, vai ficando maior a difuculdade...Que pena tudo isso!

E serve pra nos fazer refletir, e por isso compartilho aqui:

Fale tudo, brinque bastante, ria, chore, se escabele, pois de repente inicia o "desligamento" e esse até que nossa vela se apague...

Me pergunto o motivo de ser assim...Poderia ser algo mais fácil...

Assim, as pessoas estão ainda vivas e já temos que sentir saudades delas...estranho,não? Triste realidade!

* Essas flores escolhi para homenageá-la, ainda que nunca fique sabendo...ela adora(ava)...

11 comentários:

  1. Minha amiga, imagino como deve ser difícil, e ficamos a nos perguntar o por que né?

    Eu nunca pude contar com minha mãe pra nada e fico imaginando como seria ter uma mãe carinhosa, presente e preocupada comigo, mas enfim...
    Ela sempre viveu pra ela, tudo na sua vida ela considera um estorvo, então mesmo quando eu estava perto nunca senti ela presente, nunca soube o que foi um carinho

    Hoje estou longe de minha mãe e nem que eu quisesse poderia estar perto, ela tem uma maneira de pensar muito diferente da minha e só seríamos infelizes vivendo juntas

    Então também já estamos separadas, o desligamento já se deu há anos, mas nunca deixo de pensar nela com carinho, agradecer por ter me dado a vida e emanar luz pra que ela encontre um dia a paz!

    Ai menina, nunca falo isso pra ninguém e agora por causa de teu post saiu das minhas entranhas, ainda bem que ninguém vai ler só a rede inteira kkkkkk

    São coisas da vida né amiga? e um dia quem sabe teremos as respostas

    Beijos em teu coração!

    ResponderExcluir
  2. Amiga Chica sei o que estás passando e temos que ser fortes e estarmos sempre presentes pois pode parecer que não perceba aos seus olhos, mas dentro de si vive um undo cheio de lembranças.

    A saudade que sinto hoje da minha já não está mais nesta vida, mas vivi essa saudade por quase 3 anos e faça o que o seu coração pedir, Escrevas , faças homenagens, não inporta se ela vai saber ou não agora , mas um dia vai saber.

    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  3. É muito doloroso mesmo,Chica
    O meu relacionamento com minha mãe também foi muito difícil mas eu amei ela e ainda amo muito...
    Um beijinho carinhoso e fica bem
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  4. Realmente muito triste, tive perdas muito cedo, pai, mae, e assim foi a sucessao de perdas inclusive de pessoas vivas, nao e nada facil, principalmente num caso assim, e tuas palavras nao poderiam ter sido mais bem escolhidas para que nos sirva de alerta , vamos rir mais, brincar mais, levar a vida antes que a vida nos leve mesmo ainda que fisicamente ainda estejamos por aqui, força, Deus te proteja, beijos, Heloisa.

    ResponderExcluir
  5. Chica... como eu te entendo, amiga!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Chica,
    Tudo isso é muito triste.
    Eu também faço essa mesma pergunta.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Amiga querida, como suas palavras tocam fundo! Levam-me ao passado , fazem-me lembrar de que nunca me esqueço daquela que enfeitou meus dias com seus carinhos, amor, encorajamento... Aquela que foi minha companheira de todas as horas. Hoje, sua ausência física me faz tanta falta! Mas, a presença de seu amor ainda me fortifica. Que SAUDADE da Minha MÃE!! Carinho da Mel

    ResponderExcluir
  8. Chica, realmente é estranho... a gente vai de repente, como dizes, desligando... Minha mãe está com 82 anos. Para muitas coisas ainda está presente. Para outras...

    ResponderExcluir
  9. Chica,triste o estado de saude de sua mãe!Uma coisa que dói na gente!Desejo que ela consiga ter boa qualidade de vida,e cercada sempre do carinho de vcs!Bjs,

    ResponderExcluir
  10. Isa

    È dificil este despedir em vida, lidarmos com a descaracterização de alguém que amamos.Tem um filme lindo, não fala da relação mãe e filha, mas da relação homem - mulher ,Diário de uma Paixão, vale assistir, pois trata deste esquecer de si e dos demais.
    A Isa nos deu um outro depoimento que não pude deixar de ler,ela tem saudade de algo que não conheceu de sua mãe, mas na realidade é esta a mãe que tem e que ela reconhece e pensa carinhosamente e é isto que importa, o que fica. (lembranças).
    Nossa, escrevi demais.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. ... você é uma pessoa iluminada, minha amiga! E seres iluminados sempre encontram forças para reagir em diversas situações, sejam elas boas ou ruins... Força e luz, sempre!!! beijocs...Ü...

    ResponderExcluir

✿ Que isso possa ter deixado uma marquinha,ainda que seja bem pequenina , no seu dia, alegrando-o! ✿