Páginas

✿Uma entrevista pra guardar em nosso canteiro da vida...✿







Dia  21 de abril foi publicada no Arena das Crônicas, uma entrevista  feita comigo pelo Marcio JR.

Do jeitinho que ela está por lá, feita e produzida com o carinho, escolha das imagens, produção e pesquisa em todos os meus blogs,  ficará guardadinha aqui.

Podem acessar , clicando AQUI.

Obrigado ao Marcio e à todos que foram me visitar e conhecer mais um pouquinho por lá!

Adorei tudo! beijos,chica

6 comentários:

  1. Ah, que delícia!
    Achei ótima a ideia do Márcio ao entrevistar você! E melhor ainda a tua de trazer a postagem aqui.
    Então, vou fazer a mesma coisa.
    Peraí que vou lá buscar meu comentário pra repetir ele aqui também.. rs
    Já volto.

    ResponderExcluir
  2. "Não tem jeito. Onde ela está, é assim mesmo. Leveza, sinceridade, bom humor, irreverência e aquela sabedoria iluminada de quem sente e vive a vida como ela deve ser sentida e vivida - e a partilha com todos.
    Conheci a Chica lá atrás, em 2008, em nossas primeiras postagens no Recanto das Letras. Do primeiro comentário à amizade, como ela disse, “virtual, mas que parece real” foi um passo. Um passo não, um gesto. Deixando de lado as indiferenças que muitas vezes acontecem quando se busca apenas audiência e alimentações de vaidades, ela chegou como chega um amigo muito querido na casa (e no coração) da gente. Comentários que eram sempre deliciosas conversas, com brincadeiras, troca de ideias, colos, puxões de orelha, carinhos, conselhos, ajudas mútuas com os blogs, situações e por aí afora.
    Então, é assim. O que a virtualidade se propõe a “manter à distância”, ela se encarrega de trazer bem pertinho. Bem assim, como aquele dia em que enviou um email dizendo: “não tenho teu telefone, passa aí o número pra gente conversar uma hora dessas”. Escrevi em resposta, enviando o número. Não demorou meia hora e aquela “uma hora dessas” era já. E lá estava a Chica, com aquele sotaque deliciosamente gaúcho, mandando às favas a distância das “amizades virtuais”.
    Que dizer mais? Escreveria uma semana sobre ela e não esgotaria o assunto. E ela sabe tudo o que eu diria, né Chica?
    Então, Márcio. Concluo dizendo que você foi muito feliz nessa entrevista. Você tem razão absoluta quando diz que “existem pessoas capazes de cativar ao primeiro contato. Basta um olhar, uma palavra ou um sorriso, e pronto”. Mas é a essência delas que abre todas essas portas.
    A Chica é dessas pessoas raras que de vez em quando o céu manda pra gente.

    Grande abraço a você, Márcio, e obrigada por esse presente.

    Um beijo, Chicamada (que eu sei, daqui a pouquinho você vai estar aqui espiando de novo... rsrs). E obrigada por ser assim, tão gente, tão amiga e tão especial!"

    Postado em 21 de abril de 2011, no Arena das Crônicas. Mas vale pra sempre.

    Beijooooo, Chicamada!

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga Chica,
    Adorei conhecer mais um pouco de você
    Tenho grande admiração por tí e adoro ler as suas "Coisinhas"
    O seu jeitinho me encanta...
    Um beijo no seu coração
    Com carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  4. Oia isso...
    Você republicou e eu nem vi.. rss
    Danada!
    Peraí que vou lá buscar o comentário de novoooo!
    (E esse blogger que trate de não apagar ele traveis! rss)

    ResponderExcluir
  5. "Não tem jeito. Onde ela está, é assim mesmo. Leveza, sinceridade, bom humor, irreverência e aquela sabedoria iluminada de quem sente e vive a vida como ela deve ser sentida e vivida - e a partilha com todos.
    Conheci a Chica lá atrás, em 2008, em nossas primeiras postagens no Recanto das Letras. Do primeiro comentário à amizade, como ela disse, “virtual, mas que parece real” foi um passo. Um passo não, um gesto. Deixando de lado as indiferenças que muitas vezes acontecem quando se busca apenas audiência e alimentações de vaidades, ela chegou como chega um amigo muito querido na casa (e no coração) da gente. Comentários que eram sempre deliciosas conversas, com brincadeiras, troca de ideias, colos, puxões de orelha, carinhos, conselhos, ajudas mútuas com os blogs, situações e por aí afora.
    Então, é assim. O que a virtualidade se propõe a “manter à distância”, ela se encarrega de trazer bem pertinho. Bem assim, como aquele dia em que enviou um email dizendo: “não tenho teu telefone, passa aí o número pra gente conversar uma hora dessas”. Escrevi em resposta, enviando o número. Não demorou meia hora e aquela “uma hora dessas” era já. E lá estava a Chica, com aquele sotaque deliciosamente gaúcho, mandando às favas a distância das “amizades virtuais”.
    Que dizer mais? Escreveria uma semana sobre ela e não esgotaria o assunto. E ela sabe tudo o que eu diria, né Chica?
    Então, Márcio. Concluo dizendo que você foi muito feliz nessa entrevista. Você tem razão absoluta quando diz que “existem pessoas capazes de cativar ao primeiro contato. Basta um olhar, uma palavra ou um sorriso, e pronto”. Mas é a essência delas que abre todas essas portas.
    A Chica é dessas pessoas raras que de vez em quando o céu manda pra gente.

    Grande abraço a você, Márcio, e obrigada por esse presente.

    Um beijo, Chicamada (que eu sei, daqui a pouquinho você vai estar aqui espiando de novo... rsrs). E obrigada por ser assim, tão gente, tão amiga e tão especial!"

    Postado no "Arenha das Crônicas" em 21 de abril de 2011.

    Mas vale pra sempre!

    ResponderExcluir
  6. Chica,

    O que mais gosto em você é a sua autenticidade. Você passa isso pela tela do computador.
    Apesar de estar pouco tempo por aqui, sinto que parece que lhe conheço há muitos anos.
    Parabéns pela linda entrevista e por sua sinceridade.

    Beijos

    ResponderExcluir

✿ Que isso possa ter deixado uma marquinha,ainda que seja bem pequenina , no seu dia, alegrando-o! ✿