Páginas

♥ Coisas boas de ver e uma que tá engasgada..... ♥


 Dia desses chegando perto de casa, vejo um carro parar, um senhor descer rápido.  Até levei um susto, pois na situação de insegurança que vivemos, sabem....

Porém,  vi que ele foi ao meio da rua, juntou esse passarinho e o colocou em meio às árvores.

Logo a seguir saiu e  pouco depois, a mãe passarinha pode reencontrar o filhotinho.

Legal ver gestos assim!  Adorei!



E também é muito bom de ver o Kiko bem descansado, em meio ao verde...


Então tá! Até aí, tudo coisa legal de ver. Sem contar que hoje almocei com minhas irmãs lá em São Léo, estava tri divertido, muito bom mesmo. E essas reuniões tiram o pó  das lembranças e conseguimos  mais ou menos, colocar os papos em dia!

Foi tão bom que quando saí, após nos despedirmos, lembrei que carreguei a maquininha e ...Ops! Novamente esqueci!  E é tão difícil as 4 "cajazeiras" estarem juntas.

Será a idade pegando?rs

Bem, DAÍ, pegamos o trem e fomos até a estação final: Mercado Público e, de lá direto para a agência dos Correios, para ler as cartinhas das crianças .

Lá  estão  montadas mesas, tudo bem ajeitadinho e bonito. Quem chega, é recepcionado por um simpático papai-Noel, usando roupas dos Correios e tudo tri bem  organizado.

PORÉM, pegamos três pilhas de cartinhas e ao lê-las, a decepção:  Crianças pedindo na sua grande maioria  BICICLETAS... Umas especificando marcas , umas pedindo até com marchas...

E minha gana crescia...

 Até que encontrei uma carta de uma mãe pedindo um carro BEM GRANDE para o filhinho( que gosta muiiiiiiiiiiito de carro) andar dentro.  Até aí, tuuuuuuuudo bem( digamos assim)...

 Mas ela prossegue:  Dos "simplezinhos" eu posso comprar, quero desses grandes e bonitos.

Nem preciso dizer que saiam chispas das minhas orelhas, pois eu bufava!!

Para achar pedidos de crianças que REALMENTE precisam algo, foi difícil!

Achamos duas a pau e corda.

 Porém não saí dali com uma boa sensação.  Por isso vim desabafar aqui :

Me deu um nojo, uma raiva ao ver que aqueles pedidos eram feitos pelos pais  que acham que vão enganar os que estão com boa vontade. A maioria daquelas criancinhas já está CARECA de não acreditar em Papai Noel e...

 E, pelo jeito, muitas vão ficar sem nada, pois vi muita gente esperando achar cartas que não fossem pedidos de bicicletas ou coisas grandiosas para o comum dos mortais dar de presente.

Pronto , Falei! Não ia ficar engolindo sapo!

 Vamos dar  para crianças que foram mais humildes em seus pedidos, coisas de criança mesmo, de infância que AINDA não foi contaminada pela malícia dos pais! 

Pronto, falei novamente!

Gosto de criança, criança mesmo, não porretinhas metidinhos à bestas! 

Saí de lá pensando:

Se eu fosse Papai Noel e me viessem ao vivo pedir umas "stronzate" destas, avançaria e daria umas bifas pra completar o presente,rsrs E apareceria assim...

Putz,que nojo!!

Volta a simplicidade por favor!  URGEEEEEEEEEEEEENTE!!!

*  "stronzate": é uma palavrinha "delicada", digamos assim, do vocabulário italiano e cabe bem ao que penso,rs


AH! Quando eu for lá levar os brinquedos , vou entregar a minha cartinha, mais ou menos assim:

Querido Papito!

Preciso muiiiiito de um IPAD, não dos simplezinhos,tá? Aqueles posso comprar!!

Só pode ser aquele da maçã,da última geração,sabes qual é? 

 Pelo visto, dentro em breve, as cartas lá estarão assim!


15 comentários:

  1. Oi, mãe !
    A postagem começou bem "leve", mas depois ...
    Que espírito natalino -rsrsrs... Mas dá raiva mesmo! Cadê as bolas, as bonecas ? Vão se catar!!!
    Tens toda a razão de ficar irada! Vai lá querendo fazer uma boa ação e só encontra um monte de cartas exigindo detalhes. Bem como tu disse: vão pedir IPADS,IFONES, celular etc...Gostei da tua plaquinha de Papai Noel!
    Aproveita que estás bem calminha- rsrsrs...
    Beijos e se não for pedir muito, gostaria de ganhar de presente de natal, uma camionete da BMW zerinho, tá ? - he,he,he...
    Beijos,
    Tita

    ResponderExcluir
  2. Que decepção.Uma iniciativa tão legal que os Correios promovem ver-se perfidamente manipulada, deturpada em seu significado real.
    Meu desgosto não seria menos que o teu, Chica.
    Que lástima isto.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. Tita, podes crer!

    Imagino tu por lá! O papai noel ficaria roxo de vergonha com o que sairia de tua santa boquinha!!rs

    beijos,mãe

    ResponderExcluir
  4. Chica,
    que coisa mais horrorosa mesmo essas cartinhas pedindo coisas e mais coisas caras, são sem noção mesmo. Assim eu também não gosto. Como vc mesmo falou, gosto de criança criança, pura e que peça com o coração e não com a ganância.
    Mas lindo o gesto do Senhor que foi ajudar o passáro, esse é um homem bom!
    beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  5. Chica, fica dificil imaginar até onde vai a "senvergonhice" desse povo!
    Veja se tem cabimento uma mãe fazer uma carta pedindo um carrão. O pessoal dos correios devia fazer uma especie de triagem, para não deixar passar cartas assim.
    E bicicleta, carrinho de controle remoto, computadores...
    Penso que se os correios permitem é porque tem gente que dá esse tipo de presente (menos o carrão), mas fica cada vez mais dificil manter o espirito de natal, não é?
    Quando eu fico furiosa com alguma coisa tem uma frase que digo sempre : "é por isso que eu não ando armada...".
    Essa frase caberia bem na sua boca hoje, concorda?
    Bom, como eu não preciso de carrão (IPVA muito caro e seguro também)e como fica mais fácil mandar meu presente pelo correio, eu aceito em dinheiro.
    Mas não dinheirinho...quero grana!
    Quem estiver lendo esse comentário pode entrar em contato comigo que eu envio o enderêço kkkkkkkkkk!
    Se a moda pega!
    Beijos querida, fica chateada não, não vai adiantar mesmo!

    ResponderExcluir
  6. KKKKKKKKK
    Você me mata de tanto rir, Chica
    Você tem razão. Este pessoal tá muito folgado não tem educação nem limites
    Concordo plenamente com você, amiga
    Um beijinho de boa noite e o nosso carinho
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  7. Kkkkkkk Chica, com certeza neste natal não passarás mal kkkk, quero fazer um pedidão também!
    Na minha região não falta crianças, simples, que te sorrir de felicidade até quando vc dá um doce. Para uns muito, e p/ poucos nada... Lamentável! Ajudamos, mas não dá p/ resolver o problema social de todos...

    Gostei do passeio, a família e principalmente o Kiko está ótimo!

    Bjoooooooooo

    ResponderExcluir
  8. É chica, é bem assim mesmo...esse mundo sei não se tem jeito...
    é a geração do ter e não do ser!

    mas ri um bocado da sua ira! bjsss

    ResponderExcluir
  9. Chica
    Já ri pra caramba!
    Hoje voce se superou!
    Mas não é dá raiva mesmo? bom é que voce ainda aguenta ir a esse tipo de coisa, eu já nao tenho paciencia rs será a idade? rs
    Corro léguas de Papai Noel ... rs
    muito bom ler voce Chica
    boa noite com beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Primeiramente vou elogiar o belo ato que você presenciou deste homem - isso faz a gente ainda acreditar na raça humana.
    Seu maridex também, todo pimpão aí curtindo o verde e a vida, coisa boa de se ver e saber.
    Mas, fala sério, isso das cartinhas é nojento mesmo!
    Eu acho que aquele cara que faz um personagem que diz "eu sou a cara da pobreza" tem então muito a ver com o que está acontecendo nos dias de hoje, ou seja, os pobres só querem coisas caras e impossíveis de administrar, como carros, computadores, celulares complexos que nem sabem mexer direito.
    Estou contigo, Chiquita, ficaria também fula da vida diante desse quadro frustrante.
    Por isso, há 5 anos participo da entrega de presentes para um orfanato na serra, compro várias coisas que veem na lista e dou com prazer para a criança referenciada. Este ano é uma menininha de 2 anos e comprei muita coisa bonita e legal para elazinha.
    Ahhh, mamãe noel, eu quero uma nova Brastemp tá, aquela de porta colorida, ok. simplinho né, meu presente!? hehe
    beijocas cariocas


    ResponderExcluir
  11. Chica,

    Que lindo esse jeito do senhor que colocou o passarinho na árvore. Pequenos gestos fazem a diferença.
    Que legal ver o Kiko tão bem e curtindo a aposentadoria.
    O esquecimento pode ser grave. Kkkkk Nem fala, eu tenho feito cada coisa que eu mesma não acredito. Rs Mas, numa roda de irmãs colocando o papo em dia, quem vai lembrar de câmera fotográfica? Rs

    Fiquei pasma com o que você descreveu sobre as cartas. Eu ficaria com raiva e nojo ao mesmo tempo. O ser humano está perdendo os seus valores. Os pais que deveriam ensinar os filhos a serem verdadeiros, fazem um papelão desses.
    Tomara que todas essas cartas fiquem encalhadas por lá, e que as pessoas encontrem aquelas de crianças que os pais não podem comprar um simples presente.

    Senti uma tristeza ao ler isso, mas você fez muito bem em desabafar. Serve até de alerta para aqueles que querem participar dessa campanha.

    Tô rindo do comentário da Tita. KKKK

    Um lindo dia! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Chica a-do-rei todo os eu texto, o início lindo e feliz e identifiquei-me muito com a última parte do seu texto. Com a diferença que você usa uma palavra suave italiana e eu usaria um bom palavrão em português mesmo.

    Eu concordo que essas crianças têm direito a brinquedos legais, mas, daí os pais virem om essas exigências é uma puta sacanagem.

    Eu pulo todas essas cartas.

    Adoro aquelas em que as crianças pedem livros, material escolar, os meninos pedem bolas, as meninas bonecas, sem nomes ou marcar, simplesmente querem um brinquedo.

    Pronto. Falei também...

    ResponderExcluir
  13. Chica,
    As tais HUMILDES cartinhas com pedidos que o Bom Velhinho nem poderia colocar no saco, ou cujo peso ocasionaria um terrível acidente aéreo, pois as pobres renas iriam KATABLUFF do céu, em sua viagem acima das antenas das tevês a cabo--bucólico era o tempo das chaminés! Aliás, por onde o pobre Noel coloca os presentes? Será pelos cabos de telefone, tevê, internet? Em que lugar Papai Noel vai encontrar a simplicidade perdida? Ele deve ficar, a cada ano, mais decepcionado! Longe os tempos de pedidos de roupinhas novas para a única boneca de louça, peteca, bola,pratinhos e panelinhas para a comida da boneca! E aqueles tempos quand não se pedia nada: Papai Noel nos surpreendia, e ele, por sua vez, se alegrava com nossa alegria!
    Quem realmente merece um presente do Noel é o senhor que resgatou o passarinho. No entanto, esse senhor já tem o espírito do Natal verdadeiro em seu coração.
    Seguindo o pedido da Tita, para mim, um computador que escreva sozinho minhas ideias!
    Pensando bem, nem saberia o que pedir, tenho tudo que mais quero: paz no coração, amor, uma família amada, saúde e capacidade de pensar e agir. Ah, e minhas irmãs queridas! Um beijo, Mausi

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica!
    Adoro esta sinceridade e tem que falar mesmo!
    Sou do time da simplicidade e não suporto tanta frescura também.
    Os pais que fazem isso estão ensinando os filhos, a serem monstrinhos futuros.
    Realmente é de se revoltar.
    Muito legal ver sua família e a iniciativa de ajudar.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  15. Chica, eu também vou fazer um pedido,rs.
    Quero o bilhete da mega-sena premiado, será que estou pedindo muito,kkkk?
    Revoltante mesmo!
    abração

    ResponderExcluir

✿ Que isso possa ter deixado uma marquinha,ainda que seja bem pequenina , no seu dia, alegrando-o! ✿