Páginas

* Até as minhocas viram jararacas...


Quando nos tornamos mães, parece que algum "clic" acontece dentro de nós e que alguma coisa nos faz ficar muito mais fortes...

Parece que podemos enfrentar tudo o que for preciso, no que se referir à defesa de qualquer dos nossos filhos...

Quando pequeninhos, estão conosco e parece que ficamos mais tranquilos.

Porém chega uma hora em que a escolinha se faz necessária ao seu desenvolvimento e crescimento pessoal.

Lá vamos nós , contentes , com eles pelas mãozinhas e ao dar o beijo de despedida, parece que nosso coração vai quebrar.

Passamos então um período de adaptação que é, acho eu, mais para nós, mães, aprendermos a ficar mais tempo longe deles entregando-os aos cuidados de outros.

Nessa fase e na seguinte, do colégio própriamente dito, ficamos de olho para que não sejam machucados pelos coleguinhas mordedores, ou aqueles "queridinhos"que gostam de dar pontapés .

Assim, quando eles voltavam para casa com manchas roxas ou dentes cravados nas bochechas rosadinhas, o sangue velho subia...

Ver nossos filhos machucados nunca faz bem, mas sabemos que essa fase é natural em algumas crianças e então, tomamos as providências e aguentamos!

Depois, eles que continuam crescendo, se casam, e vão morar com outras pessoas.

Enquanto estão felizes, nós também estamos.

Enquanto estão tranquilos, nós assim também nos sentimos...

Porém, querem ver o circo pegar fogo é um de nossos filhos ser maltratado ou ofendido por alguém.

E esse sentimento pode se ter, mesmo sem conhecer as pessoas que fazem ou fizeram algo para eles.

Muitas vezes, eles nem mais estão se importando com o acontecido e dentro de nós, apenas ao ouvir o nome daquela pessoa que os incomodou , já faz levantar aquela lapa nos nossos lábios, como cachorros rosnando...

O que será isso?

Serão todas as mães e pais assim?

Aqueles que conheço, o são na grande maioria!

Respeitem pois, nosso filhos, sem agressões por palavras, gestos ou até pensamentos...

Temos um "poder" e, nessa hora, a certeza que até uma simples minhoquinha pode virar uma jararaca...

E das boas! Pronta pra dar o bote!

Não mexam com ou maltratem nossos filhos e terão sempre somente as inofensivas minhoquinhas!

Caso contrário, chamem o Instituto Butantã!

Nosso veneno está pronto! (Chica)

2 comentários:

  1. rss... Verdade, de novo! Tem uma frase que diz... "quem beija meu filho, minha boca adoça"... E o contrário é mais verdade ainda! Sempre certíssima. Você escreve o que a gente pensa... Beijo, Chica!

    ResponderExcluir
  2. Nada mais potente, eficaz e respeitado do que o amor e proteção de uma Mãe para seus "filhotes"! ...e nos filhos o agradecimento é intrínseco e ocorre em todos os reinos da natureza...para mim essas "minhocas" virando "Jararacas", são maravilhas das maravilhas....!Adorei! Beijos Chica!

    ResponderExcluir

✿ Que isso possa ter deixado uma marquinha,ainda que seja bem pequenina , no seu dia, alegrando-o! ✿